Domingo, 20 de outubro de 2019

Só por hoje quero acolher o mistério revelador e quero mergulhar no movimento positivo que o mistério deseja revelar em nossos corações. Quero ir para além do visível ou das opiniões. Quero me questionar e tentar compreender o mistério revelador presente nas frases que seguem, verdadeiras joias: “Nunca ninguém conseguirá ir ao fundo de um riso de criança” (Vitor Hugo). Quero viver numa insatisfação que me impulsione a me transcender; “Quando alguém tem força para vencer a si mesmo, nasceu para grandes empreendimentos” (Henri Lacordaire); “Do rio que tudo arrasta, se diz que é violento. Mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem” (Bertold Brecht).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *