Domingo, 29 de dezembro de 2019

Só por hoje não quero fugir da verdade. Quero abrir os olhos do meu coração e enfrentar o que tem que ser enfrentado, acolher o que tem que ser acolhido, silenciar o que tem que ser silenciado, falar o que tem de ser falado e testemunhar o que tem que ser testemunhado. Quero ser palavra que testemunha e silêncio que escuta. “Coragem é o que preciso para ficar de pé e falar. Coragem é também o que é preciso para sentar e ouvir” (Sir Winston Churchil).    

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *