Terça-feira, 5 de março de 2019

Só por hoje  quero deixar-me contagiar pela magia do viver. Quero ser menos racional e mais afetivo, ser mais contemplativo e menos racional. Quero cultivar atitudes internas que me levem ao cerne de cada oportunidade que a vida proporcionar. Desejo mergulhar na sutileza e na beleza que é viver com sentido. “O amor não usa relógio. As atitudes de vida não tem endereço. Os valores não marcam encontros. Os gestos são uma dança constante. O carinho é uma sincronia. A carícia é um rito. O coração é umaa orquestra, um hino, um palco e um sonho em movimento” (Canísio Mayer).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *