Terça-feira, 23 de abril de 2019

Só por hoje quero fazer boas escolhas. Quero escolher não só o que preenche o meu coração, o meu dia a dia, mas quero escolher o que transborda e plenifica a vida. Quero valorizar o que as pessoas significam para mim e quero ser uma presença amiga na vida de todos. Quero compreender que não existe atitude neutra na arte de ser e viver. Tudo o que fizer ou ajuda a construir a vida ou ajuda a diminuir esse mesmo dinamismo. Permanecer na neutralidade também é uma decisão. “Eu posso sempre escolher, mas devo estar ciente de que, se não escolher, assim mesmo estarei escolhendo” (Jean-Paul Sartre).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *