Terça-feira, 19 de novembro de 2019

Só por hoje quero acender, dentro de mim, o fogo que ilumina, o fogo que queima o medo, o fogo que aproxima os sonhos da realidade, o fogo da vida. Não quero fugir da luz, mas quero ser luz na forma de compreender, de sensibilizar e na forma de defender valores importantes. “Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro… A real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz” (Platão).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *