Terça-feira, 10 de setembro de 2019

Só por hoje quero exagerar em duas atitudes que dependem de mim. Quero que esse exagero aconteça na gentileza e na gratidão. Quero e desejo agradecer muito, sempre e tudo. Não vou poupar palavras de gentileza e gratidão, não vou esperar para amanhã gestos de agradecimento, não vou esperar para o imprevisível o que posso testemunhar no previsível. Sim, quero e vou agradecer sempre, muito e insistentemente. “Sentir gratidão e não expressá-la é como embrulhar um presente e não entrega-lo” (William Arthur Ward).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *