Terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Só por hoje quero buscar o que me traz a verdadeira paz. Quero ir ao encontro daquilo que pacifica, pois aspiro ser pessoa de paz.  “Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De Sol quando acorda. De flor quando ri. Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso, numa rede grande, sem relógio e sem agenda” (Carlos Drumond de Andrade). 

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *