Terça-feira, 07 de maio de 2019

Só por hoje quero viver a gratidão. Graças à vida. eu quero agradecer. Graças aos pés, eu posso andar. Graças às mãos, eu posso ajudar. Graças aos braços, eu posso amparar. Graças ao tato, eu posso banhar-me na brisa. Graças ao sorriso, eu posso mergulhar no amor. Graças aos ouvidos, eu posso ouvir as vozes e o canto. Graças aos olhos, eu posso conhecer a beleza das coisas (…) Graças à fé, eu posso crer que tudo pode ser melhor. Graças à esperança, eu sei esperar e pedir com certeza. Graças ao pensamento, eu posso viajar com total liberdade. Graças à palavra, eu posso entender-me com todas as pessoas. Graças ao sofrimento, eu posso ser mais sensível e compreensivo (Canísio Mayer).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *