Sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Só por hoje quero continuar buscando o sentido da vida. Quero dar volume aos dois ouvidos: escutar tudo que eu consigo escutar e escutar os meus próprios sentimentos. Estar atento a esse duplo movimento de escuta: externa e interna. Quero decidir e persistir no que traz sabor, cor e amor ao viver, sobretudo quero estar atento às pequenas coisas que podem ser vividas grandemente. “Grandes realizações não são feitas por impulso, mas por uma soma de pequenas realizações” (Vincent Van Gogh).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *