Sexta-feira, 26 de abril de 2019

Só por hoje quero ser discreto na convivência e focado nas buscas. Quero ser bom, não bonzinho. Quero ser justo e não certo. Quero ser amigo e não apenas colega. Quero decidir e fazer tudo sem buscar reconhecimento. Que o meu único reconhecimento seja o fato de fazer as pessoas sempre mais felizes. Que eu tenha coragem de me surpreender com a experiência única de ser profundamente gratuito. “O melhor indicador do caráter de uma pessoa é como ela trata as pessoas que não podem lhe trazer benefício algum” (Abigail Van Buren).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *