Sexta-feira, 15 de março de 2019

Só por hoje  quero cultivar a atitude e o gesto do perdão. Não quero sofrer nem morrer lentamente alimentando culpas, raivas, mágoas e ressentimentos. Não vale a pena! Quero alimentar um sincero e realista desejo de perdão. Quero perdoar o arrependido. Quero ter a humildade de pedir perdão. Só não quero ser ingênuo nem inconsequente. “Perdoe aos seus inimigos, mas não esqueça seus nomes” (John Kennedy).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *