Sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Só por hoje  quero repetir inúmeras vezes estas duas frases e tirar delas belos ensinamentos. Quero entregar-me ao risco da liberdade responsável que é voar por horizontes, alturas e profundidades nunca antes descortinadas. Quero, também, ser intenso, inteiro e total em tudo o que disser, fizer e sonhar. “Não tenho paredes, só horizontes” (Mário Quintana). “Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida” (Sêneca).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *