Segunda-feira, 24 de junho de 2019

Só por hoje  quero viver de tal forma que eu sinta saudades no futuro já no hoje da vida. Quero viver de tal forma o presente que no futuro sinta saudades. E, com o sentimento de que tudo vale a pena, já quero sentir saudades de tudo tudo de bom que vou realizar no futuro. “Velhice é saudade. Isso explica que haja jovens e mesmo crianças que, tendo vivido só um punhadinho de anos, já são velhos. É que a saudade pode florescer já nas manhãs… Percebi, então, que a velhice não era coisa nova. Ela tinha morado sempre comigo. Eu tinha saudade sempre, mesmo sem saber do quê. Saudade sem saber do que pode parecer contrassenso, pois a saudade é sempreser um otimista realista. Quero deletar todos os sentimentos, todos os pensamentos e todas as tentações pessimistas. “O otimista aprende com a saudade, e o pessimista se afoga na nostalgia. O otimista colabora e partilha informações e o pessimista tenta agitar sem razão. O otimista quer que os outros também vençam, e o pessimista deseja o mal secretamente. O otimista tem um olhar focado,  e o pessimista, um comportamento tumultuado. O otimista vive na gratidão, e o pessimista se move na insatisfação. O otimista é solidário e tem compaixão, e o pessimista parece que não tem coração” (Canísio Mayer).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *