Segunda-feira, 22 de julho de 2019

Só por hoje  quero refletir sobre o tipo de palavras que mais saem da minha boca. Quero me escutar e interpretar se são palavras de coragem e ânimo ou se são lamentos e críticas desnecessárias. Quero perceber se são palavras que tem asas ou palavras engessadas no medo, se são palavras que entusiasmam ou se acorrentam, que levantam o astral ou desanimam. Quero sentir a força de cada palavra que sair da minha boca e interpretá-las. “Os homens só envelhecem quando os lamentos substituem os sonhos” (John Barrymore).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *