Segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Só por hoje  quero compreender a beleza de amar e a coragem de se deixar amar. Que esse duplo movimento interaja dentro de mim em tudo o que fizer e testemunhar. Quero mergulhar nesta dinâmica que dá sabor ao viver: tomar iniciativas e, ao mesmo tempo, ser acolhedor, deixar que o amor das pessoas possa me amar. Quero mergulhar no que me dá força e no que me dá coragem. “Ser profundamente amado por alguém nos dá força. Amar alguém profundamente nos dá coragem” (Lao Tsé)

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *