Segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Só por hoje quero soltar a imaginação dos meus pensamentos. Quero experimentar esse espaço único, sagrado e livre. “O pensamento é sagrado, o único território livre de patrulha, livre, livre, livre. Área de recreação da loucura. Espaço aberto para a imaginação. Paraíso inviolável. O pensamento é o único lugar onde ainda estamos seguros, onde nossa loucura é permitida e todos os nossos atos são inocentes” (Martha Medeiros). Só por hoje quero dar alimento aos meus pensamentos. Quero mergulhar nesse espaço infinito sem medo das surpresas e sem medo de transformar pensamentos em atitudes de vida. 

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *