Segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Só por hoje  quero estar atento às sutilezas de certos paradoxos do viver. Quero perceber os meus pontos fortes e valorizá-los. Quero acolher os pontos fracos e superá-los. Quero, acima de tudo, orientar os fortes e os fracos dentro de uma perspectiva de crescimento e amadurecimento. Quero ter o discernimento necessário para não me vangloriar nos pontos que aparentam ser fortes nem ser vítima nas fragilidades. Jamais quero ter pena das pessoas. Quero cultivar relações saudáveis. “O que faz nossa raridade é a mesma coisa que nos fragiliza. Nosso ponto forte é o exato centro de nossa fraqueza” (Jean-Claude Carrière).12

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *