Segunda-feira, 06 de maio de 2019

Só por hoje quero ser meu amigo. Não quero ser meu inimigo. Não quero alimentar dentro de mim o que tenha força de destruição. Não quero colocar a culpa nos outros, não quero lamentar nem julgar, não quero ressentir-me ou magoar. Quero superar a falta de cultura e de reconhecimento, quero me libertar de tudo o que me prende e escraviza, quero despedir os ressentimentos, mágoas, ódios, sentimentos negativos. Quero ser coerente e justo comigo mesmo. “O que é o inimigo? Eu mesmo. Minha ignorância, meu apego e meus ódios. Aí está realmente o inimigo” (Dalai Lama).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *