Segunda-feira, 04 de novembro de 2019

Só por hoje não quero criticar ninguém pela aparência. Não quero emitir nenhum juízo pelo que se apresenta aos meus olhos sem antes conhecer a verdade. Prefiro em público elogiar e em particular ajudar. Prefiro no meu cantinho me calar que na facilidade criticar. “E os que foram vistos dançando foram julgados insanos pelos que não conseguiam ouvir a música” (Friedrich Nietzsche).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *