Sábado, 31 de agosto de 2019

Só por hoje quero pensar e aprender com a linguagem de uma flor: “A flor testemunha silenciosamente que há mais felicidade em dar do que em receber” (Zview). Quero aprender a viver processos de vida para ser mais e tornar-me mais inteiro: “Aprendi com as primaveras a me deixar cortar para poder voltar inteira” (Cecília Meirelles). Quero aprender que o silêncio que faz pensar pode nos ensinar a virtude da prudência. “Nunca diga ‘não’ por orgulho nem ‘sim’ por fraqueza” (Sabedoria popular).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *