Sábado, 26 de janeiro de 2019

Só por hoje  quero tomar umas decisões internas. Quero aprofundar o que está bem e quero mudar o que não anda bem e que pode ser melhor. Quero despedir o medo do fracasso e deletar a insegurança diante de crises. Quero alimentar a esperança e dar asas aos sonhos. Quero dar mãos ao impossível; admitir o que é tido como impossível. Não quero ser parceiro de pessoas fracassadas, pis o fracasso é sentimento alimentado por gente mesquinha.

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *