Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Só por hoje quero mergulhar naquilo que é essencial na vida: na vivência do amor. Sei que a forma de vive-lo pode variar , mas a sua essência e afirmação nunca saem da moda. O amor deseja ser muito mais poetizado, mais cantado e muito mais vivido. O amor deseja temperar e significar a beleza do viver.

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *