Quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Só por hoje quero ir além da compreensão racional dos sentimentos. Quero compreender e mergulhar na beleza e na linguagem dos sentimentos. Quero soltar o lado poético e mergulhar naquilo que as pessoas tem de mais sagrado. Quero viver de tal forma que meus sentimentos contagiem, que minhas atitudes encantem e o meu olhar seja o reflexo vivo daquilo que é o mais íntimo em mim. “Meus sentimentos são como minha impressão digital, como a cor dos meus olhos e o tom de minha voz; únicos e irrepetíveis. Para você me conhecer, é preciso que conheça meus sentimentos. Minhas emoções são a chave para a minha pessoa. Quando lhe dou essa chave, você pode entrar e compartilhar comigo o que tenho de mais precioso para lhe oferecer: eu mesmo” (John Powell).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *