Quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Só por hoje quero abrir o meu coração e minha mente para a capacidade ilimitada do conhecimento do ser humano. Quero abrir novas janelas e outras portas para a novidade, para o desconhecido, para o possível e o impossível. Não quero me contentar com o que já sei ou que já conheci ao longo da minha vida. Quero aprender que o aprender não cansa e o amadurecer não estressa. Afinal, “O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano” (Isaac Newton).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *