Quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Só por hoje  quero ser humilde, não como uma aparência sem conteúdo, mas como forma de ser, de olhar e de proceder. Quero refletir e aprofundar o sentido destas três frases. Quero compreender e recriar, dentro de mim, a sabedoria que estas frases trazem em seu bojo: “A humildade é a única base sólida de todas as virtudes” (Confúcio). Ser humilde é saber agradecer e saber-se peregrino que pode melhorar sempre mais; “O maior perigo que se corre em uma viagem é ela não começar” (Amyr Klink); “Só os que não fazem nada nunca erram” (Teilhard de Chardin), e talvez esteja aí o grande erro desses omissos.

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *