Quarta-feira, 06 de novembro de 2019

Só por hoje  desejo duas coisas: força para ultrapassar limites e coragem para ser humilde; força para ficar sozinho e coragem para  pedir apoio; é preciso força para entender e coragem  para compreender; força para amar e coragem para deixar-se amar. “O amor é como a guerra; fácil de começar, e muito difícil de terminar”  (Ninon de Lenclos).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *