Domingo, 1º de dezembro de 2019

Só por hoje quero estar atento às diferentes manifestações da vida. Quero usar novas lentes no meu jeito de olhar. Quero ter uma generosidade dócil a tudo, contemplar as belezas em todas as situações e estações. Quero, com este novo jeito de contemplar, aprender a renascer. “O meu olhar é nítido como um girassol, tenho o costume de andar pelas estradas, olhando para a direita e para a esquerda, e de vez em quando, olhando para trás. E o que vejo em cada momento é aquilo que nunca tinha visto, e assim sinto-me nascido a cada momento” ( Alberto Caieiro).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *