Domingo, 07 de abril de 2019

Só por hoje quero colocar-me a caminho e me sentir um caminhante. Quero sentir-me peregrino solidário em busca do melhor. “Há quem diga que o caminho é de ida. Há quem diga que o caminho é de volta. Há quem diga que é de encontro. Há quem diga que o caminho está feito. Há quem diga que se descobre. Há quem diga que o caminho já está traçado. Há quem diga que é horizonte aberto. Há quem diga que o caminho é de quem o vê. Há quem diga que é de quem nele se arrisca. Há quem diga que o caminho é de paz. Há quem diga que é de superação. Há quem diga que é de pedras. Há quem diga que é de jardim em flor. Há quem diga que o caminho é jeito de persistir. Há quem diga que o caminho está ao lado do caminho” (Canísio Mayer).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *