Domingo, 05 de maio de 2019

Só por hoje quero superar duas tentações: falar quando devo silenciar e silenciar quando devo falar. Desejo e busco essa escuta, esse olhar e esse discernimento. Sei que o silêncio nunca trai e sei também que a omissão pode provocar dor e sentimento de culpa. Só por hoje desejo, quero e busco o equilíbrio, o bom senso e a lucidez para essas duas posturas tão importantes e necessárias. “O exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra” (William James).

Mayer, Canísio. Só por hoje. São Paulo: Paulus, 2ª reimpressão, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *